Você ainda me amaria se eu fosse sóbria?

Como é ser sóbrio

"Por que você não bebe?". Já ouvi essa pergunta vezes demais. Algumas foram apenas sinceras e curiosas, outras envoltas por sarcasmo e desaprovação, seguidas por implicâncias e insistências. Acho que a ideia é a de que se eu não bebo, devo me sentir superior às pessoas que bebem, então o melhor a se fazer é me deixar desconfortável para corrigir isso rapidinho. 

Mas a verdade é que, não, não me sinto superior a quem bebe. Vejam como é ser jovem & sóbria, pelo menos da minha perspectiva.

Vivo com medo de que não fazer amigos nem manter amizades porque a maioria das atividades sociais envolvem estar bêbado, e mesmo participando sou tratada de uma forma diferente por estar sóbria. Tenho que resistir à pressão de beber porque muita gente simplesmente não entende que eu não quero

Já bebi várias vezes. Em algumas delas eu genuinamente estava com vontade de beber, em outras bebi porque era o jeito mais fácil de fazer as pessoas ao meu redor calarem a boca e pararem de insistir. Não é culpa delas, óbvio, eu que sou responsável pelas minhas ações etc, mas seria mais agradável se essa pressão para beber não tivesse acontecido.

Para evitar esse problema, a última vez que sai para uma festa fiz questão de comprar um smoothie engarrafado só para ter algo nas minhas mãos e parecer que eu me encaixava no quadro (insegurança é sexy, ok?).

Isso porque eu não sou alcoólatra! Imaginem não poder beber porque você tem uma doença que pode até te levar à morte por doença ou por suicídio. E ainda ter que lidar o tempo todo com gente questionando a sua decisão de ficar sóbrio! 

Ainda mais porque é totalmente razoável não querer revelar seu status como alcoólatra em recuperação, talvez a única coisa que faria alguém parar de insistir. Eu não faço ideia de como deve ser, mas não parece divertido.

Me sinto constantemente insegura em situações sociais porque é como se eu não fosse divertida (porque não estou bebendo!) e portanto não sou digna de estar naquele ambiente.

Isso, é claro, é minha ansiedade falando, mas preciso escrever sobre esse assunto porque não aguento mais a impressão de que pessoas sóbrias estão sempre se julgando superiores a todos ao seu redor e portanto merecem ser zoadas. Ninguém precisa me tratar mal para me fazer me sentir pior, eu já tenho um cérebro bem capacitado nessa habilidade! Não preciso de ajuda de terceiros, muito obrigada!

Há também um grande vazio cultural, como se eu não tivesse referências sobre como encantar a minha vida que não envolvam ficar muito louca. Não encontrei outros modos nessa sociedade de "me soltar" ou que me permitam viver a realidade por outra lente, mais glamourosa ou eufórica. Talvez karaokê, mas não é todo mundo que acha graça em cantar Total eclipse of the heart — sim, essas pessoas sem coração existem! Quem sabe eu deva começar a postar fotos de comida no Instagram.

Faz sentido beber, porque interagir socialmente é um saco e nos coloca em um espaço de vulnerabilidade que nem de longe lembra um videoclipe da Ke$ha. E, além dos efeitos óbvios do álcool no organismo, ele nos dá uma identidade e um senso de participação, dos quais tive que aprender a abdicar caso quisesse continuar abstêmia.

Todas as vezes em que estive bêbada eu fui mais feliz e sociável, e esse foi o motivo pelo qual eu quis parar de beber. Não porque eu odiasse ser feliz, embora eu passe essa impressão, mas porque eu odiava a ideia de precisar de algo externo a mim para conseguir ser a pessoa extrovertida que eu poderia ser. Isto é, tive medo de perder a confiança em mim e passar a confiar apenas no álcool. Bom, aí vai a explicação que nunca tenho coragem de elaborar quando me fazem A Pergunta.

Esse não é um post sobre o quanto sou uma pessoa que sofre mais do que a média da população, porque não, estou bem ciente que não sou! Só queria falar sobre isso porque nunca vi outra pessoa falar, e nunca encontrei ninguém que passasse pelas mesmas coisas. É uma tentativa de encontrar essas pessoas: olá! E talvez, com sorte, alguém que beba vai ler esse texto aqui e parar de constranger quem não quer beber, seja só por aquela noite, seja pelo resto da vida. ✨

0 textões:

Postar um comentário