Paixão por gringo, ejaculação precoce e carência pós-término

Aluguei um quarto do meu apê pra um gringo, e passamos esse mês todo brincando de casinha. O lance é que ele tem um relacionamento aberto (só soube depois de já ter transado com ele, se soubesse antes tinha contido meu tesão). Nós gostamos muito um do outro, mas ele mora em Berlin e tem namorada ( há muitos anos, eles até moram juntos). Estou na dúvida se tiro o meu de jogo, se saio da moita ou continuo fudendo (a minha cabeça, né, pq eu não posso ser fodida mais por questões de logística)

Não me parece haver muitas perspectivas para esse relacionamento. Ele já está arranjado com outra menina e mora em outro país... Você vai se mudar para lá? Vocês vão ficar viajando para se ver?P elo o que está escrito aqui você também não parece muito empolgada ou aberta à ideia de  "dividir" ele com a namorada, o que complica mais ainda a situação. Talvez seja bom se afastar virtualmente dele por um tempinho para dar um respiro. Algumas romances que a gente vive têm mesmo data de validade e o melhor que podemos fazer é nos despedir deles com gratidão, em vez de prolongar desnecessariamente nosso sofrimento.


amiga, tô ficando com um cara que tem ejaculação precoce. Eu tento ajudar e falar que tá tudo bem, que ele só precisa relaxar mas esse problema continua. O que fazer?


Olha, isso é um problema dele com ele mesmo... Boa parte dos caras com quem fiquei tinham problemas de ereção (mas era o caso oposto do seu boy rs), e sempre era algo causado por um relacionamento anterior ou uma insegurança deles. Falar que ele "só precisa relaxar" é bem-intencionado, mas não adianta muita coisa. Ele provavelmente já deve começar o sexo noiado com isso de ter que segurar a ereção e precisar "relaxar", e é essa noia que acaba colaborando para ele gozar antes da hora.

Mas o que pode ser feito para tornar o sexo mais bacana para vocês é tirar totalmente o foco da penetração e do pau dele, e em vez disso focar em você – com masturbação, sexo oral, enfim, todas as coisas que fomos condicionadas a definir como "preliminares" e que na verdade também são sexo. Transar sem essa expectativa de que role penetração ou de que ele vá gozar pode fazer com que ele relaxe e a longo prazo consiga manter a ereção por mais tempo. Ou pode ser que seja tão bom transar assim que vocês não sintam necessidade de mais nada.


não passei no enem, mas o cursinho tá o preço de uma faculdade particular. devo estudar sozinha em casa ou levar essa facada?  ps: não tenho condição pra nenhum dos dois btw








Sua família é de baixa renda? Se sim, você pode dar uma procurada em cursinhos de graça ou baixo custo na sua cidade. Além disso, é importante considerar também o que você quer com a faculdade, porque a não ser que você queira seguir carreira acadêmica, ir para uma particular em vez de uma pública não é algo que vai te prejudicar. Embora a faculdade onde você se formou ainda tenha peso, em muitas áreas o mais importante é o currículo, o portifólio e os projetos que você desenvolver ao longo do curso.


Sobre estudar em casa: é bem possível, mas você precisa de bastante organização e disciplina. Acho bacana você procurar uma biblioteca ou algum lugar para estudar. Saindo de casa a gente consegue levar os estudos mais a sério e não corre o risco de acabar meia hora depois vendo gifs de gatinho ou atualizando a timeline do Twitter. A disciplina também se estende à hora de descansar, isto é, você precisa também separar um tempo para relaxar e fazer coisas divertidas, ou então sua saúde mental vai para o buraco e o seu resultado no Enem também não vai ser tão incrível. 

Dê uma olhada em quais foram os pontos fracos nas suas respostas na prova e se organize para aprimorar eles. Também rola de comprar algumas revistas focadas no Enem, como o Guia do Estudante, e usar elas para guiar seus estudos. Você também pode pedir ajuda para amigos que mandem bem nas áreas que você tem mais dificuldade. Boa sorte! 

ainda amo meu ex, desde o termino ele procura ficar afastado de mim, nos vimos recentemente e por meios nao verbais ele deu a entender que pode sentir algo por mim, mas continua afastado/fugindo de qlqr contato cmg...o que fazer?

Miga, como assim ele te deu a entender por "meios não-verbais" que sente algo por você se ele está FUGINDO de qualquer contato contigo? Após um término é comum a gente ficar procurando sinais de que o ex ainda está a fim ou quer voltar, mesmo quando é bem claro que ele tem zero intenções de fazer isso. Se ele não quer contato com você é porque ele realmente não está interessado. Não perca seu tempo criando narrativas paralelas a partir de detalhes, enquanto o todo da situação está bem óbvio. Essa vontade de voltar para ele vai passar, juro! Melhoras pro seu s2.


Eu nunca fui uma pessoa carente que sentia muita necessidade de carinho e atenção, mt pelo contrário...mas daí que eu tive um relacionamento de 2 anos onde a pessoa sentia muita essa necessidade e eu acabava fazendo o possível pra atender a necessidade dela, a gente ficava mt junto e coisa e tal...aos poucos fiquei mt viciada na presença dela e foi bem traumático terminar. Daí que já faz quase um ano do término mas eu continuo me sentindo muito viciada em oxitocina dopamina e esses caralho a quatro e inclusive já me submeti a umas relações com gente que eu achava bem bosta no fundo, só pq a pessoa me dava mt   atenção e amor. Daí que eu sigo todas as regrinhas pra ser feliz sozinha e etc e tal eu faço coisas sozinha que eu gosto eu sigo mesmo todas essas porra de conselho que realmente fazem muito sentido mas não adianta eu continuo querendo mt um relacionamento de amor romântico que vá preencher essa porra de carência que surgiu pós paixão avassaladora e eu tô de saco cheio de me sentir assim. quero voltar a me sentir bem sozinha oq eu faço deixa de banca

Veja bem, para superar um relacionamento longo e com um envolvimento tão intenso assim, quase um ano ainda é pouco. Isso que você tá sentindo é, nas condições em que a gente vive, "normal". Não tem nada de errado contigo, esse processo de luto pós-término é longo mesmo e cada pessoa leva no seu ritmo.

Acho muito bom que você já tenha percebido quais são seus comportamentos auto-destrutivos e esteja se esforçando para se sentir bem sozinha. Mas não existe receita de miojo. Você está no caminho certo, só que ele é mesmo bem demorado! Esses conselhos para se sentir bem consigo mesma são dicas paliativas, para aliviar o sofrimento, e não vão ter um efeito instantâneo. Continue seguindo o mesmo ritmo e com paciência você vai conseguir chegar lá. Se se sentir dessa forma está realmente atrapalhando a sua vida, você também pode procurar terapia para te ajudar a se entender melhor e a adotar atitudes mais saudáveis.

Mais conselhos insensatos em Amores dopados, homens héteros e transar de meia e Chefe gato, feiúra kármica e amores platônicos.



Clique aqui para se lamentar

0 textões:

Postar um comentário